Google+








.

Pavimentação de acesso ao perímetro de Mirorós beneficia mais de 5 mil agricultores

Cerca de 5 mil produtores terão a circulação de mercadorias facilitada com a pavimentação asfáltica de 16,4 km do acesso que liga o município de Ibipeba ao povoado de Olhos D’água, no Médio São Francisco baiano. O investimento na obra será de aproximadamente R$ 9,8 milhões da Companhia de Desenvolvimento do Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A assinatura da ordem de serviço ocorre na próxima sexta-feira (2), em Ibipeba, a 520 km de Salvador, às 9h30, com a presença do governador da Bahia, Jaques Wagner, e do presidente da Codevasf, Elmo Vaz.

A obra completa a via de escoamento do perímetro de irrigação de Mirorós, sob responsabilidade da Companhia, onde 250 agricultores – sendo 200 familiares – produzem cerca de 11,7 mil toneladas por ano, com destaque para a banana, numa área cultivada de aproximadamente 760 hectares.

“A estrada diminuirá as dificuldades dos produtores no transporte de insumos e da produção, agregando valores nos bens e serviços produzidos pelas populações beneficiárias, assim como no transporte escolar dos estudantes”, comemora o produtor rural Willian José Rocha.

Além dos agricultores do perímetro de Mirorós, a pavimentação contribui para o escoamento da produção dos agricultores do município de Ibipeba, dos povoados de Lagoa Grande, Serra Grande, Olhos D’Água, Iguitu, Velame e Vereda, e do distrito de Mirorós. Eles produzem principalmente feijão, mamona, milho, mandioca e frutas.

O presidente da Associação dos Agricultores Familiares de Mirorós, Ocelmário Pereira Gomes, afirma que “a obra contribuirá para reduzir ou minimizar as dificuldades no escoamento da produção da agricultura familiar, no transporte e mobilização das pessoas, promovendo o bem-estar das populações contempladas com o empreendimento”.

O acesso do perímetro irrigado de Mirorós vai até Ibipeba, onde fará a conexão com a BA-052 e com a BA-242, facilitando o transporte da produção da região para os mercados consumidores de Irecê (BA), Aracaju (SE), Salvador (BA), Brasília e São Paulo. Esse novo trecho de pavimentação complementa os 13,6 km já pavimentados pela Codevasf, perfazendo cerca de 30 km de acesso.

“Este empreendimento trará benefícios socioeconômicos importantes para o município e principalmente para o projeto de irrigação de Mirorós, fonte geradora de emprego e renda, bem como para outras comunidades diretamente beneficiadas com obras de natureza estruturante”, destaca o prefeito de Ibipeba, Israel Lélis.

O chefe do escritório da Codevasf em Irecê, ligado à 2ª Superintendência Regional da Companhia, em Bom Jesus da Lapa (BA), Luiz Alberto Barbosa, explica que a melhoria no acesso terá impacto na qualidade e no preço final dos produtos. “Além de facilitar o escoamento, a obra reduzirá a perda de produtos, principalmente os perecíveis. Também vai melhorar a qualidade e a apresentação dos produtos que, com a estrada ruim, chegam com qualidade inferior e são descartados ou vendidos com um preço mais baixo”.

Fonte: CODEVASF

Pavimentação de acesso ao perímetro de Mirorós beneficia mais de 5 mil agricultores


Novo instrumento de governo e tecnologias avançadas de irrigação aumentam a produtividade do café brasileiro

IBGE apontou a safra de grãos 0,3% maior do que a estimada para maio 

A nova Política Nacional de Irrigação (Lei  12.787/2013),aprovada em janeiro deste ano pelo Congresso Nacional, já rendeu avanços para o setor da irrigação. Tais possibilidades contribuíram com a previsão divulgada no início deste mês pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontou a safra de grãos 0,3% maior do que a estimada para o mês de maio. Coordenada pelo Ministério da Integração Nacional, a lei representa a retomada do planejamento da atividade no setor produtivo irrigado.

De acordo com os dados do Instituto, a produção nacional de grãos de café foi de 759.796 toneladas (12,7 milhões de sacas - de 60 kg), 3,4% maior que a produção prevista para maio. O resultado foi atribuído às condições climáticas, aos tratos culturais adequados e à irrigação. Segundo o IBGE, nem mesmo os problemas enfrentados pelo período, como as temperaturas excessivas e a estiagem do começo deste ano, interferiram nos números positivos.

"Com a irrigação passamos a ter o controle que não teríamos que é a do acesso da planta à água, à chuva ou ao sol. Passamos a ter um domínio de risco na produção e a tecnologia de ponta utilizada na irrigação transforma essa possibilidade", explica o secretario Nacional de Irrigação do Ministério da Integração Nacional, Miguel Ivan Lacerda de Oliveira.


Lavouras mantidas com irrigação

O uso de técnica de irrigação contribuiu para o aumento significativo da produtividade do café no oeste da Bahia. A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) apresentou um pacote tecnológico e orientou os fazendeiros baianos para um novo manejo, o que gerou um incremento na rentabilidade dos cafezais em aproximadamente 25%. Hoje, na região, 37 fazendas colhem 470 mil sacas por ano.
O ponto chave é uma nova maneira de manejar a irrigação. A técnica é conhecida como estresse hídrico ou stress hídrico. "A tecnologia do estresse hídrico, tem transformado a produtividade do café. Tanto na maior geração de renda para o produtor como na garantia de um café de maior qualidade", afirma Miguel Ivan Lacerda de Oliveira.

Segundo o pesquisador na área de irrigação e recursos hídricos da Embrapa, Lineu Rodrigues, não existe o melhor método de irrigação. "Na irrigação, se bem executada, pode-se obter com certa facilidade eficiências da ordem de 90%", garante. No entanto, agricultura irrigada não pode ser aplicada em qualquer lugar. Apenas para àqueles lugares onde ela pode levar melhor a locação eficiente da produção agrícola. "O importante é que a irrigação seja bem feita, analisando-se a viabilidade técnica e econômica do projeto e também o seus benefícios sociais", destaca.

O pesquisador ressaltou ainda que para cada técnica de irrigação existem diferentes tipos de sistemas. Os métodos são a forma pela qual se aplica a água nas culturas e podem ser classificados em: superfície, aspersão, localizada e subirrigação. "A existência de um grande número de sistemas se deve ao fato de se estar sempre buscando aumentar a eficiência de irrigação e a necessidade de adequação à variação do tipo de solo, características climáticas, cultura, suprimento de água, disponibilidade de energia e condições socioeconômicas e ambientais", afirma.

Para Miguel Ivan Lacerda de Oliveira, irrigação é sinônimo de desenvolvimento regional e contribui para o meio ambiente. Com a irrigação desmata-se menos, desloca os recursos de forma mais eficiente para a produção, gerando mais renda. "Irrigação não é sobre produto é sobre pessoas. Pessoas que querem gerar renda, que moram distante, pessoas que precisam do alimento com qualidade e que podem comprar o alimento com custo menor", ressalta.



Fonte:  Ministério da Integração Nacional



Novo instrumento de governo e tecnologias avançadas de irrigação aumentam a produtividade do café brasileiro. Foto: Antônio Felipe Guimarães Leite



Abertas as inscrições para a 5° Reunião do Fórum de Agricultura Irrigada

Estão abertas as inscrições para a 5° reunião do Fórum de Agricultura Irrigada, que acontecerá em Cristalina (GO), entre os dias 16 e 17 de agosto. O número de participantes foi limitado em até 400 inscritos. Os interessados devem enviar um e-mail para forumagriculturairrigada@gmail.com ou entrar em contato por meio do telefone (61) 2034-4282. O evento será realizado na Rodovia (BR - 040 Km), no Buffet Sônia Festas, e acontece paralelo ao Festival ABC da Boa Mesa (Alho, Batata e Cebola).

O fórum terá como um de seus temas o impacto da irrigação no desenvolvimento regional de Cristalina e entorno, além de casos de sucesso em irrigação no município e novas alternativas de produção, como fruticultura irrigada, pastagens irrigadas, e produção de soja/milho de alta produtividade com irrigação suplementar na safra de verão. Como parte da programação também está prevista uma visita em campo para conhecer barragens e projetos de irrigação por pivô central, com mais de 35 culturas.

O evento está sendo organizado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação do Estado de Goiás (SEAGRO), pelo Sindicato Rural de Cristalina, com apoio da Secretario Nacional de Irrigação do Ministério da Integração Nacional (SENIR/MI).


F ó r u m

O Fórum Agricultura Irrigada é uma instância colegiada de natureza consultiva e deliberativa, de abrangência nacional, vinculada ao Ministério da Integração Nacional, nos termos da Portaria n° 1.869, de 5 de dezembro de 2008, assinada pelo Ministro de Estado da Integração Nacional. O regimento interno tem uma diretoria que é o órgão colegiado para condução de suas atividades e decisões.

Festival ABC da Boa Mesa

Oferecendo a boa gastronomia como atração principal, o segundo Festival ABC da Boa Mesa (Alho, Batata e Cebola) tem como objetivo mostrar a força da produção destas três culturas na cidade de Cristalina. Segundo dados dos organizadores do festival, 37% do alho produzido na região é consumido em todo o Brasil, a batata por 10% e a cebola por 8% da população.

Serão apresentados 27 diferentes tipos de pratos, que levam o alho, a batata e a cebola como ingredientes. Também serão realizadas palestras técnicas para os produtores, além de diversas atrações culturais. O Festival vai de 12 a 15 de agosto.

Cristalina

Localizada na região leste de Goiás, o município de Cristalina é um exemplo do grau de aperfeiçoamento a que pode chegar a agricultura irrigada. A água que movimenta os pivôs da fazenda sai de reservatórios abastecidos pela chuva, com baixo impacto ao meio ambiente. O volume armazenado é suficiente para manter a produção o ano inteiro.

Com alto índice de produtividade em diferentes culturas, a região conta com empreendimentos responsáveis pela produção de três safras por ano. São 54 mil hectares de terra irrigados, utilizando mais de 600 pivôs, o que reflete na produção de 34 alimentos da cesta básica, vendidas para todo o País, gerando para Cristalina o maior Produto Interno Bruto (PIB) agrícola do Brasil - R$ 1,3 bilhão.

Serviço

5º Reunião do Fórum de Agricultura Irrigada
Veja programação completa aqui

Fórum Agricultura Irrigada
Conheça mais em http://www.integracao.gov.br/sobre-o-forum

Festival ABC da Boa Mesa
Para mais informações acesse http://www.abcdaboamesa.com.br


Convocação: 5ª Reunião Ordinária do Fórum Agricultura Irrigada (Etapa Cristalina/GO)


Exibir mapa ampliado

LOCAL DO EVENTO: Buffet Sônia Festas, localizado na Rodovia BR – 040 Km 95 (ao lado do Posto JK), antes do trevo de acesso à cidade.

Cristalina - Goiás
Cristalina - Goiás


CONHEÇA SOBRE O Festival ABC da Boa Mesa

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Para conhecer mais sobre o Fórum Agricultura Irrigada: http://www.integracao.gov.br/sobre-o-forum


Conheça mais sobre as resoluções das Assembleias:


                        * 6ª Assembleia Ordinária do Fórum Agricultura Irrigada (Etapa Tocantins) 

                        
                        * 7ª  Assembleia Ordinária do Fórum Agricultura Irrigada (Etapa São Paulo)  

                        
                        * 8ª  Assembleia Ordinária do Fórum Agricultura Irrigada (Etapa Paraná)





Fórum Agricultura Irrigada:


Pauta: 5ª Reunião Ordinária do Fórum Agricultura Irrigada (Etapa Cristalina/GO)

Pauta: 5ª Reunião Ordinária do Fórum Agricultura Irrigada (Etapa Cristalina/GO)












VEJA AQUI OUTRAS INFORMAÇÕES SOBRE O EVENTO


VEJA AQUI OUTRAS INFORMAÇÕES SOBRE O EVENTO

Ministro da Integração Nacional visita perímetro de irrigação Jacaré-Curituba

Com investimento adicional de R$ 7,6 milhões do programa Mais Irrigação, o projeto localizado no Alto Sertão sergipano vai beneficiar mais de 700 famílias irrigantes

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, visitou nesta sexta-feira (12/7), ao lado do governador de Sergipe em exercício, Jackson Barreto, e do presidente da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Elmo Vaz, o Perímetro Irrigado Jacaré-Curituba, que é abastecido pelo reservatório da Barragem Xingó. Localizado nos municípios de Canindé do São Francisco e Poço Redondo, no Alto Sertão sergipano, o perímetro irrigado utiliza o sistema de irrigação localizada (microaspersão e gotejamento), que permite o plantio de milho, quiabo, feijão, raízes e frutas.

O perímetro de Jacaré-Curituba é composto de 142 eletrobombas, 80 quilômetros de adutoras, 30 quilômetros de dreno e 51 de estradas, sendo que 1.718 hectares de área de sequeiro estão destinados à exploração pecuária. Fruto de uma parceria entre o Ministério da Integração Nacional com a Secretaria de Infraestrutura de Sergipe (Seinfra), o perímetro recebeu recentemente um investimento de R$ 7,6 milhões do programa federal Mais Irrigação que irão beneficiar mais de 700 famílias irrigantes, assentadas de reforma agrária em 134 lotes, perfazendo uma área total de 1.860 hectares para agricultura irrigada.

O ministro Fernando Bezerra Coelho destacou a importância da obra para o estado de Sergipe. "É uma obra do PAC 1, que está sendo concluída sob a administração da presidenta Dilma Rousseff. Houve um investimento aqui na ordem de R$ 200 milhões", disse. Segundo Fernando Bezerra, falta definir a gestão do perímetro. "Solicitei ao governador de Sergipe, Jackson Barreto, que definisse qual o órgão estadual que irá ficar frente dessa negociação. As famílias entendem a necessidade de se estruturar um modelo de gestão que possa dar tranquilidade aos que estão aqui produzindo", completou o ministro.

Canal de Xingó -O ministro da Integração Nacional anunciou que voltará ao estado para a licitação dos estudos de viabilidade do canal. "O canal Xingó é a maior obra de infraestrutura hídrica de Sergipe. Além de reforçar o uso d'água em toda a região - inclusive beneficiar o Jacaré-Curituba porque a água chegará por gravidade e o custo de energia será mais barato - vai também proporcionar a identificação de novas áreas irrigáveis". Fernando Bezerra afirmou ainda que o canal terá em sua primeira etapa cerca de 150 quilômetros de extensão, com previsão de início das obras em 2014.

Fonte: Ministro da Integração Nacional


Ministro da Integração Nacional visita perímetro de irrigação Jacaré-Curituba

 




ShareThis

Translate/Traduzir/Traducir/ترجم/翻譯/Übersetzen/Traduire/नुवाद करना/Tradurre/переводить/לתרגם

Últimas postagens

Postagens populares